Informações Turísticas de Aparecida

Distante 160 km da Cidade de São Paulo, a cidade de Aparecida tornou-se conhecida devido à sua importância religiosa e, hoje, é chamada de "Capital Mariana da Fé". O nome da cidade foi dado em homenagem a Nossa Senhora da Conceição Aparecida , Padroeira do Brasil. Em 1717, na região de Guaratinguetá, nas águas do rio Paraíba, três pescadores tiraram do rio com a rede, a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, depois colocada na capela do povoado.

PONTOS TURÍSTICOS DE APARECIDA

Santuário Nacional de Aparecida

Construído em estilo neoclássico em forma de cruz graga, é o segundo maior templo católico do mundo, menor apenas que a Basílica de São Pedro no Vaticano. Foram utilizados 25 milhões de tijolos na obra. Foi inaugurada em 4 de julho de 1980, quando João Paulo II visitou o Brasil pela primeira vez. Em outra de suas visitas, passando por Aparecida, abençoou o Santuário e, em 1984, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, elevou a Nova Basílica a Santuário Nacional.

Localiza-se no centro da cidade, tendo como acesso a "Passarela da Fé", que liga a basílica atual com a antiga, ambas visitadas por romeiros. 

Basílica Velha

Com a aprovação, a primeira capela foi construída em 1745 no Morro dos Coqueiros, hoje Praça Nossa Senhora Aparecida, que acolheu multidões durante 143 anos (1745 a 1888). Era de taipa e pilão e, por não comportar o crescente número de devotos que acorriam ao templo precisou passar por uma reestruturação.

Foi construída então, a segunda capela que hoje ainda existe. Trata-se da Matriz Basílica, popularmente chamada Basílica Velha. Inaugurada em 24 de julho de 1888, acolheu multidões de peregrinos durante 94 anos (1888 – 1982) quando o atendimento aos romeiros transferiu-se definitivamente para o Santuário Nacional, conhecido por Basílica Nova.

Porto Itaguaçu

Local onde foi encontrada a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, de grande peregrinação, para o qual centenas de romeiros afluem afim de conhecer a história de onde tudo começou. O Porto Itaguaçu foi transformado em um atraente ponto turístico e a inauguração das novas instalações deu-se em 11 de outubro de 1997. O monumento, "Os Três Pescadores”, escultura do renomado artista Chico Santeiro, esculpida em 1970, foi preservado.

A singela capela, obtida por inteligente recurso de uma parede de vidro atrás do altar, permite compor um ambiente ecológico religioso adequado a interiorização e à oração. Completam a estrutura de recepção turística: iluminação, sanitários, água potável, local para se acender velas e segurança 24 horas. Pode-se chegar até lá em um gostoso passeio de charrete e ainda subir ou descer o Rio Paraíba em passeio de balsa.

Morro do Cruzeiro

Separado da cidade pela Rodovia Presidente Dutra, é o ponto turístico onde acontece, toda sexta-feira da Quaresma, a tradicional Via-Sacra.

No dia 21 de abril de 2000, o Morro do Cruzeiro, totalmente reestruturado para atender os visitantes, foi solenemente bento e reinaugurado por Dom Aloísio Lorscheider, perante uma multidão de fiéis.

Todo o itinerário da Via-Sacra recebeu artísticos painéis que lembram os passos da Paixão do Senhor. Conta com as 14 estações da Via Sacra, em estilo neoclássico, elaboradas em bronze pelo artista Adélio Sarro. Com caminho asfaltado, o Morro do Cruzeiro é uma rota de peregrinação, proporcionando uma bela vista da cidade. É nesse local onde é rezada a Via Sacra da Sexta-feira da Paixão, às 5h, tradicional momento de oração e reflexão sobre a morte e paixão de Cristo, que reúne mais de 5 mil pessoas. O Morro do Cruzeiro possui 685 metros de altitude, com uma enorme cruz moldada em aço, que mede 23 metros de altura e pesa 25 toneladas, representando o símbolo das missões Na parte posterior fica o sepulcro com a imagem do Cristo Morto.

Seminário Bom Jesus

A história do Seminário Missionário Bom Jesus remonta do século 19, mais precisamente ao ato de lançamento da “Pedra Fundamental”, fato ocorrido em 6 de agosto de 1894, quando o bispo de São Paulo, dom Lino Deodato Rodrigues de Carvalho, a benzeu.

Ela foi colocada no futuro altar-mor da capela do colégio, destinado aos jovens que aspirassem o estudo eclesiástico. Dom Lino faleceu em 12 de agosto do mesmo ano e, seu sucessor, Dom Joaquim Arcoverde Albuquerque Cavalvanti determinou ao engenheiro Francisco Carlos da Silva, que também era arquiteto, que dirigisse a obra.

A forma do prédio seria um “E” com igreja ao centro, fachadas com 200 metros e lados com 86 metros, em estilo “renascença,italiano e francês”, O desenho da fachada foi trazido de Roma por Dom Macedo. 

Igreja de São Benedito

Foi inaugurada em 1924. Tem como seu maior destaque as figuras de anjos, esculpidas por Chico Santeiro, que enfeitam a porta e os berais da igreja. Apesar de modesta, a igreja de São Benedito tranforma-se durante a festa de seu padroeiro, quando torna-se o maior centro de manifestações folclóricas-religiosas do Vale do Paraíba, recebendo milhares de peregrinos devotos do santo de todos os cantos do país. São Bendito nasceu na Itália e sua fé e dedicação aos pobres fez dele um dos santos mais venerados do Brasil.  

Feira de Ambulantes

A famosa feira de Aparecida acontece todos os sábados e domingos na região central da cidade.

Oferece uma infinidade tipos de produtos, dos mais diversos tipos, nacionais e importantes, a preços diferenciados. Possui barracas típicas de comes e bebes, como pastel e caldo de cana.

 


Hotel São Gabriel
Rua Anchieta, 48 - Aparecida (SP)
CEP 12.570-000.

Tel.: (12) 3105-1691
contato@saogabrielhotel.com.br
hotelsaogabriel@bol.com.br